Sentimentos perversos

11:10


Tudo passa, tudo se transforma, porém sempre para no mesmo lugar. Os dias que seguem, levam a incerteza de como superaremos e voltaremos na mesma estaca, no zero.

Os sentimentos dançam em nosso interior assim como o vento leva as folhas. Elas secam, mas outrora sempre nascem diversas. Este ciclo confuso é totalmente clichê. Amamos, confiamos, reclamamos e não damos o devido valor. Sofremos, choramos e então o reiniciar é selecionado.

Quantas vezes você obteve um flash back de um dia lindo, porém não havia beleza em seus olhos, e um aperto sufocava seu peito e garganta, mas não havia motivos concretos para tal sentimento?

Leia Também

0 comentários

Twitter

Subscribe