Eu tenho medo do amor!

12:00


Nunca pensei que diria isso em voz alta, então no meio das minhas indagações a vida e a Deus, admiti. Confesso que possui um gosto amargo, contudo no mesmo instante senti o alívio descer ao peito.

Tenho medo de acabar como os que me cercam, tenho medo de me doar e nada receber. Ah, são tantos medos que preenchem este vazio, que me sinto mal. Aliás, eu pedi a Deus para preencher essa lacuna, porém visualizo que minha decisão prevalece maior que a Dele. Que falha minha não?!

Chega alguns instantes em que nada faz sentido, e então é ali que calo minha tristeza, quando meus olhos procuram Deus e na margem das lágrimas encontro consolo no colo de um Pai, que me ama mesmo na minha indecisão, um Deus que não mente e é fiel pra cumprir cada uma de suas promessas.

Sinto-me pequena ao dar corda em conflitos internos tão insignificantes. 

Leia Também

0 comentários

Twitter

Subscribe