E a liberdade?

18:00


Jogaram-me em meio a lobos, sedentos por sangue, por erros, por falhas.

A cada dia a sobrevivência é escassa, a vontade é de levantar as mãos e me render, entregar a batalha! Viver em campo minado mata meus sonhos e planos, mantém em cárcere minhas opiniões e amaldiçoam meus amigos e familiares.

Esgotada, esta é a palavra que melhor define, pois quero opinar, quero ser dona das minhas próprias ações e não escrava de padrões, credo e sugestões depravadas.

Enquanto escrevo, pressiono as lágrimas, não choro a tanto tempo, que não faço ideia do som que sairia das minhas entranhas. Será que de fato existe liberdade?

Leia Também

0 comentários

Twitter

Subscribe