O sol sempre nasce!

18:00


Sozinha, assim que me sinto em alguns momentos. Não compreendo se fora o amadurecimento que bateu as portas, ou fora criada uma armadura, totalmente revestida, nas paredes das minhas emoções.

Chega um dia que não pensamos da mesma forma. Parece que os que nos rodeiam não acompanham tal crescimento, logo não falamos a mesma língua, não nadamos contra a mesma maré.

Observo, e então me dou conta que os sonhos e planos que trago em meu peito não se encaixam com mais ninguém, se não meu próprio peito.

O desgaste emocional me pegou, não encontro forças para seguir contra a multidão, parece-me tão simples agir e pensar igual!

Contudo, me contento em não seguir a forma padrão. Reúno minha fé, na esperança de encontrar outrora quem possa encaixar junto aos sonhos, acredito no amanhã repleto de companhia, a quem possa compreender e ser assim compreendida.

Meu caro, junte-se a mim, não se renda. Ciclos passam, tempestades também! Lembre-se um novo ciclo sempre reinicia, o sol sempre nasce!

Leia Também

0 comentários

Twitter

Subscribe