Aceitação

00:03




É estilhaçando os cacos de cada ferida aberta que nos livramos do mal que em nos reside. É libertando-se de padrões que podemos sorrir pra vida sem olhar a quem.

Sou feliz com os quilos a mais, com o aparelho nos dentes, com os óculos que escondem meus olhos, sou feliz sendo quem eu nasci pra ser.

Opiniões alheias não formam quem realmente sou! Somente experiências, bagagens familiares e princípios que me tornam a mulher de hoje!

Deixei a negatividade de lado e abracei meus sonhos, abracei cada imperfeição minha, abracei a vida e com ela sigo para dias melhores. Talvez dias longe de aceitações, mas a mudança começa em mim, e com ela posso mudar o que me cerca!

Leia Também

0 comentários

Twitter

Subscribe