Viver? Para que?

23:56




“Um beijo, um elogio, um abraço desferido no golpe de um segundo são capazes de superar uma dor alojada há semanas, meses ou anos.” – Augusto Cury.

Paro e reflito diversas vezes ao dia e me pergunto, onde foi parar a compreensão, o amor e gentileza? A cada minuto são noticiadas mortes, perseguições e guerras. Talvez tudo tenha se resolvido com uma palavra amiga, quem sabe com um abraço.

Esses dias vendo uma reportagem de crimes cometidos em família esforço-me em entender o déficit de atenção que ocorreu dentro daquelas casas. Pais conectados e desinteressados em seus filhos, mães tão supérfluas e cheias e ego. Sem contar quantos casais tiveram suas histórias interrompidas por ciúmes sem base, sem grau ou sequer verdade. 

Com tanta informação as pessoas tem procurado felicidade em pequenas coisas, seja em bens materiais ou em romances extraconjugais. A vida pareceu sem sentido algum e antes de se perguntar: “Por que viver?”, o caminho fácil foi jogar a vida e a família no lixo.

Tenho fé que você meu caro leitor, antes de sequer pensar em jogar seus laços e vida de lado se perguntará “Por que viver?” e achará um motivo concreto e poderá se ancorar diante das tempestades da vida!

Leia Também

0 comentários

Twitter

Subscribe