O clichê da falsidade

22:58




Submersa no mar de pessoas, afogo-me na falsidade alheia. A tempestade da vida parece jamais acalmar-se. Buscando por socorro a visto um horizonte repleto de conquistas, porém a grande onda amedronta-me! O sol tem me guiado para o caminho que devo trilhar outrora a lua tenta me enganar!

Quando criança, idealizei uma vida inteira. Acreditava que algumas pessoas estariam sempre presente, jamais cogitei em não tê-las ao meu lado, parecia insano a ausência das mesmas. Mas quando amadurecemos e crescemos tudo muda. Quantas vezes ouvimos os adultos e suas histórias de amor e amizades fracassadas e pensamos “poxa, comigo vai ser diferente!”. Mas não! A história se repete. Talvez jamais compreenderemos tamanha peça do destino.

Prometemos coisas sem saber se de fato realizaremos. Minha vida foi cheia de promessas, promessas não compridas. O único que sempre cumpriu foi meu Deus! É maravilhoso pensar que existe um Deus. Que cumpre que não é homem pra falhar. Alguém que me ama sabendo quem sou, sabendo de cada mínimo defeito. Maravilhada penso todos os dias como posso ser merecedora de tanto amor, misericórdia e graça ...
 

Leia Também

0 comentários

Twitter

Subscribe