Farta de amar

23:24


E mais uma noite se arrasta e eu continuo a escrever para aliviar a dor que me aflige. Vou liberando em cada palavra a incerteza deste amor, vou compreendendo em cada verso meu medo e concluindo em cada estrofe a verdade que se esconde.

Estou farta destes pensamentos, farta de amar e não ser amada, farta de pensar que agora é pra valer se de fato tudo passa ao acordar. Farta de olhar mais um e imaginar ser a escolha certa. Farta de desejar, pedir, amar e não receber um terço ou quarto daquilo.

Amar doí, se é que eu amo. Talvez seja mais um erro, um equívoco. Talvez seja uma ilusão ou quem sabe mais uma frescura de adolescente. Mas ainda sonho com o dia que te encontrei e te amarei com todas as forças e ainda sim serei correspondida. Sonho em poder te abraçar e saber que em teus braços estou segura, de saber que mesmo diante da dor alheia posso enfim respirar. Saber que mesmo distante esse amor vive e que mesmo perto, não nos sufoca. Que mesmo em face do encanto ele seja verdadeiro e em face do mais doloroso fim seja eterno.

Leia Também

0 comentários

Twitter

Subscribe