As decepções na amizade

16:07



Quando pequena não era de fazer amizades, talvez sentisse vergonha pelos dentes tortos e por ser gordinha. Porém os anos passaram e de um jeito ou de outro tinha de ser sociável, a vida pede. Sempre de poucas amizades, sonhava com um grupo grande de amigos, pedia todos os dias pra Deus! Então um dia fui atendida, achava que quantidade era melhor que qualidade. Logo provei de muitos desapontamentos, levantaram calunias contra mim, me fizeram desistir de sonhos, e muitas vezes, sofri calada.

Toda vez que a tristeza me sondava lembrava-me de Jesus. Como será que o mestre se sentiu ao ser traído por seus discípulos? Antes de ser crucificado, Jesus passou o dia com eles, e assim apenas pediu que passassem a noite acordados com Ele no jardim de Getsêmani, mas nas três vezes que voltava achou-os dormindo. Então vieram os soldados romanos e levaram Filho do Homem (Matheus 26:30-46). 

Judas o traiu, Pedro o negou três vezes. Jesus lidou com as decepções e aqui vão algumas dicas para você também lidar:


  1. Lembre-se que os amigos são humanos e estão sujeitos a errar, assim como você um dia não pode cumprir com uma promessa, eles também não puderam cumprir com a deles.
  2. Fale com este amigo como você se sente, talvez ele o entenda.
  3. Saiba em quem confiar, nem todos são dignos de ser chamados de amigos, existem aqueles que apenas o cerca por inveja.
  4. E por último, mas não menos importante, diria até que o essencial. Considere Deus como seu melhor amigo. Ele jamais o decepcionará e sempre estará contigo, não é homem de mentiras e todas as tuas promessas são cumpridas.

Depois de muito tempo entendi que o que vale é a qualidade. Hoje não tenho muitos amigos, porém os poucos que me cercam são preciosos, são aqueles que oram por mim e se alegram na minha conquista. Espero que você meu caro leitor, possa desfrutar de uma amizade verdadeira, e sentir o amor de Deus em sua vida!

Leia Também

0 comentários

Twitter

Subscribe