Amiga

01:45




Já mencionei que quando pequena sempre fui o oposto de todas as meninas? Não sonhava em casar, achava uma grande besteira, e gostava de azul, porque rosa era muito menininha, vai entender? O ponto mais difícil daquela época era nunca ter uma AMIGA, e esse problema me seguiu por muitos anos.

Sou aquele tipo de amiga que se doa por completo, que ajuda sem querer nada em troca. Sou ciumenta, mas também sou palhaça. Muitos que passaram por mim aproveitaram o que havia de melhor, mas quando o mundo desabou sobre mim, onde eles estavam? Eram pessoas que diziam coisas ruins e negativas de outrem e hoje com quem andam? Pessoas as quem confiei segredos obscuros, e hoje, o medo me consome. Mas como toda tempestade passa, a minha teve um fim. Do jeito mais estranho mais teve!

Hoje tenho com quem contar. Quando tudo parece sem solução, quando a vida me aperta sei a quem correr. Tenho certeza que foi Deus que me presenteou, não tem outra razão. Alguém que me apoia até nas coisas que tenho medo de arriscar, como esse blog aqui. Quem sempre mostra que tenho potencial e beleza.

Acredito que ninguém é feliz sozinha, ter com quem contar é algo motivador, ter alguém que lhe faça sorrir é o melhor remédio. Desejo a você meu caro, uma amizade incondicional, verdadeira e eterna, você vai precisar, acredite!

Leia Também

0 comentários

Twitter

Subscribe