Inocência perdida

23:54


Os anos passam e alimentar a criança dentro de mim torna-se cada vez mais complicado. O mundo virou uma estante, expondo perdições e desilusões. A inocência, bolinha mínima, em meio à confusão de acomodados, torna a vivência desagradável, nem todos acreditam em um mulher com áurea de criança, ninguém entende a menina com ética e conceitos de adulta.

Esta multidão, não possui conhecimento para onde vai, e ao encontrar sonhos, sente prazer em esmaga-los.

Talvez, ser correta tenha lá seus benefícios, de consciência tranquila ao pousar a cabeça no travesseiro.

Não venho julgar os “adultos”, até porque, criança não tem poder de escolha ou de opinião, não viveu o suficiente, para acreditar que perdidos, são os que não sonham e possuem inveja daqueles que possuem tal poder.

Leia Também

0 comentários

Twitter

Subscribe